Top

Está no ar, podendo ser acessado pelo mundo jurídico, o Escritório Digital do Conselho Nacional de Justiça, que originalmente se chamou Central Nacional de Informações Processuais e Extraprocessuais (CNIPE). É um projeto lançado em 2012 pela CDS.

O antigo CNIPE é um sistema de busca de informações que abrange os Tribunais e Cartórios Judiciais e Extrajudiciais do país. Permite pesquisar, de forma integrada, processos, indisponibilidade de bens, protesto cambial e ocorrências.

O sistema reúne dados dos tribunais, varas e cartórios judiciais e extrajudiciais do país. Foi lançado oficialmente no dia 13 de abril de 2012.

O objetivo do CNJ é permitir que usuários tenha acesso facilitado a informações sobre andamento processual, dados estatísticos de funcionamento do Judiciário, assim como pesquisa de registros imobiliários, indisponibilidade de bens, protestos cambiais, divórcios etc.

Quando plenamente instalado, o sistema poderá integrar não apenas os processos comuns, mas também os processos disciplinares, administrativos, e tudo aquilo que está sob a direção direta do Judiciário e que não esteja protegido pelo segredo de Justiça.

Usando meios eletrônicos comuns, usuários podem consultar os processos por meio do nome completo da parte, CPF, nome do advogado, número da OAB, etc. Haverá uma série de portas de acesso ao sistema, permitindo saber imediatamente o estado real do processo em tempo real. Onde começou, onde parou e por que está parado.